quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Reinventar a vida

Blog ou Bode, como disse em um texto super bem humorado a nossa amiga Cris, que tem um belo Blog "Canto de contar Conto". Gosto de refletir, certo é que devo estar com o bode e não o "A vida e realidade". Essa inquietação faz parte da personalidade nossa, sempre que lembramos da palavra aniversário. A vida que como chamo aqui de sonho, precisa continuamente ser reinventada, pois senão somos engolidos pela realidade. Daí a tal de inquietação, não pelos outros mas por mim mesmo. Na verdade um blog ou o que escrevemos em um pedaço de papel(nem escrevo mais em papel já faz tempo)é uma forma de exteriorizar nossos pensamentos de até nos atualizar com a palavra, não perder a nossa capacidade de articular ideias. E a questão é essa, se escrevemos o que pensamos as inquietações aparecem. Procuro escrever sobre a vida e a realidade não só minha, mas do que anda pelo nosso cotidiano. A minha caminhada pessoal já vem de longe, já reinventei a vida (sonho) diversas vezes. Isso faz parte da tragetória de todos nós caminhantes que somos. Um dia pensei que era uma pessoa predestinada, o sonho acontecia maravilhosamente. Até que a realidade chegou como a força de um turbilhão e aquela construção de sonho feita tijolo por tijolo com esforço, grande amor e paixão balançou sua estrutura como se de repente viesse ao chão sem dó nem piedade. Com esforço de quem acredita na vida (sonho) a construção ficou de pé. Só que tudo mudou. Nada era igual. Tudo teve que ser reinventado, como as melhores construções não são destruidas o que era de melhor continuou a dar sustentação ao novo, ao desconhecido. As inquietações acontecem, talvez até por uma falta de talento meu para expressar o que vai em minha alma ou mesmo por ser uma crítica de mim mesmo.

2 comentários:

Ane disse...

Oi Graça!É verdade,temos que reinventar sempre,a vida nos exige isso de uma maneira ou de outra.Um abraço!

Fatima disse...

"talvez até por uma falta de talento meu para expressar o que vai em minha alma..."
Falta de talento? vc? Imagina se tivesse então!
Acredito Maria que as nossas inquietações são o nosso combustível para seguir em frente. Quem nasce questionadora dificilmente perde esta qualidade.
Bjs querida