terça-feira, 9 de junho de 2009

Uma música que exista. ( autora :Maria das Graças )


Quero uma música romântica
que fale de uma noite de lua cheia
de estrelas no céu a brincar.
Quero fazer um pedido
a estrela que corre no céu
a cair onde não sei onde.
Quero um mar com ondas suaves
uma praia de areias fofas e ardentes
palmeiras a enfeitar o cenário perfeito
para os apaixonados.
Quero uma música que me lembre
que esta vida é uma só,
que a música não desafine,não perca o tom
e,que fale de amor.
Quero a penumbra da lua a se esconder no céu
que faça-me sonhar com os seus beijos
que possa dançar ,rodopiar,fundir-me em seu corpo.
Que esta música exista...

9 comentários:

Fatima disse...

Que bonito!
Gostei muito M.Graça.
Gente!
Cadê a outra postagem sobre "chorar"? Estava tão verdadeira.
Bjs.

Maria das Graças disse...

Oi Fátima ,parece que tive problemas em meu computador . Penso que não salvei aquela postagem. Fiquei pesarosa também e principalmente pelo seu comentário.
E a postagem sobre"chorar' tem haver com a minha experiência com perdas.A minha mãe se foi faz um ano e eu me vi nos ombros dos amigos e no colo dos meus filhos que não são adeptos do não sofrer e a ditadura do sorriso nos lábios.

Não faço rascunhos vou teclando,conforme as emoções ...Vou tentar escrever novamente.
Obrigada pela sua gentil atenção.
Bjs ,minha amiga itabirana.

Cris disse...

ai também quero...rs
uma musica romantica que me faça sonhar...
que me leve pra longe...

Não sei você Mary minha querida, mas eu particularmente, amo as musicas antigas do anos 60
Nat King Cole
Sinatra
Jonh denver
ai ai...rs

quero todas as musicas romanticas, todas tão lindas, todas a nos traduzir...rs

G I L B E R T O disse...

Maria, doce Maria!

Queremos uma música que sempre nos lembre de voce, nosso anjo!

És uma amiga muito querida, necessária, indispensável e que eu, particularmente, ainda que neste universo, gosto de ter por perto!

que venha essa música para alegrar teu coração, minha amiga, certamente, por extensão, alegrará o nosso também...


como disse num poema algum tempo atrás em nel mezzo del cammim

Te ver feliz, é ser feliz junto!

Beijos

Maria Fe disse...

Que lindo, Maria!
palavras sempre belíssimas as suas.
E sobre a crítica do último texto, me indignei junto com você!
Luta-se tanto para liberdade das mulheres, mas parece que ainda encontram uma forma de escraviza-las. Maldita ditadura da beleza, apelo sexual e tudo o mais!
Escreva mais! vamos lutar!
beijos

Maria das Graças disse...

Meus queridos amigos vocês generosos demais comigo e com o que escrevo.

Mas sou realmente romântica,adoro músicas de vários estilos e nem saberia dizer qual eu mais gosto . As vezes depende do momento. Sou uma cinquetona e tive o privilégio de viver uma fase das mais ricas da música não só brasileira mas também mundo.

Tem horas que tenho inspiração para escrever algo meio barroco... e também fico indignada e destilo veneno, como a amiga Maria Fernanda bem diz a mulher tem que ser vista pelo valor pessoal e intelectual e nada dessa história de esteriótipos de mulher com eroticidade oferecida e festiva.

E o amigo Gilberto que me chama de doce Maria,e anjo. Gostaria mesmo de ser um anjo para cuidar de todas as dores dos meus amigos.
Vamos lá sou doce de vez em quando, mas sou bem brava. Já tive um blog que era um pedregulho.
Era mais indignação do que poesia.

Meus amigos vocês é que são anjos em generosidade e doçura. Adoro suas amáveis visitas.
Beijinhos mil...

Multiolhares disse...

Se queres que se possa concretizar,a mais bela musica na tua vida

Namastê

Maria das Graças disse...

Namastê,sabe que sou uma privilegiada na vida então a música é um complemento...

Realmente a música e o amor são inseparáveis em suas belezas...e sempre encontro a música que sonho.

É tempo de sonhar, essa é a vida...

Um grande abraço.

Fatima disse...

Que bom que o chá foi bom Maria!
Bjs.