quarta-feira, 8 de julho de 2009

Ela desaprendeu...

Um dia a garota jogava charme
E via logo quem estava a tentar paquerá-la
Essa garota virou uma mulher
Como uma mágica encontrou o homem
o seu amor definitivo.
Não teve olhos para mais ninguém,
fazia questão de não entender nem
as "diretas" que recebia.
Seu amor foi embora para ser um astro
talvez um chamado de Deus...
Ela ficou com uma saudade imensa.
Hoje,é uma mulher que desaprendeu a jogar charme
ou melhor joga charme na inocência.
Quando a paqueram ela não entende
a filha jovem é que alerta.
Ela recebeu uma sugestão para colocar
um pircing no umbigo, pois ouviu tem
corpo bonito.
Entendeu como um galanteio brincalhão
normal.
Surpreendemente, recebeu uma caixinha
que a fisioterapeuta entregou a pedido
de alguém.
Enquanto faz exercícios físicos
pede a fisioterapeuta que abra a caixinha,
esta surpresa com o que vê,mostra uma pérola.
Ela sorri no susto e diz para a moça
que a olha com um sorriso de cumplicidade.
Deve ser que ele me acha simpática. Sou diciplinada.
A moça sorri espantada...e a filha:sei, não gosto nada disso.
Parece que ela desaprendeu mesmo...

7 comentários:

Cris disse...

Oi Querida!

a modéstia tem seu charme, a beleza não precisa de alardes...tenho certeza!

bjo grande

Fatima disse...

Ela devia aprender de novo Maria!!!!!!!!!!
Acredito que devemos sempre estar preparados par o amor.
Bjs

Regina disse...

Taí uma coisa que a gente nunca desaprende nesta vida: amar!!

É como andar de bicicleta, pode-se ficar muito tempo sem pedalar, mas nunca se esquece!...

Não tem jeito, amiga... Quando o bichinho do amor nos "pega", não há como escapar!! rsrs...

E como é bonito tudo isso!!

Beijão!!

Maria das Graças disse...

Minhas amigas, não quer dizer que ela renunciou ao amor, mas sim não se preocupa muito com os homens que cruzam seu caminho...

Temos fases de vida e a fase dela é extremamente seletiva.

Minhas jovens amigas, um dia vocês vão entender "o desaprender dela", com as experiências e vivências da vida. Ainda chegam lá...

Beijos para vocês.

Lu Maia disse...

Graça , como isso é real...digo por mim...as vezes agente se perde no outro , e quando a vida nos poe a prova, precisamos nos reconhecer , nos amar novamente para abrirmos a porta do coração. adorei, bj com carinho Lu

Maria das Graças disse...

Oi Lu, minha amiga ela se ama muito até demais e é muito segura de si, por isso não se encanta com facilidade .

Quanto ao coração está aberto sempre. Sempre foi assim e será.
O amor é lindo!

Um grande abraço.

Cris disse...

Maria querida! vim agradeder suas palavras, sinto-as muito sinceras, muito obrigada, que haja força em todos nós sempre minha querida, ontem quando postei o pedido estava entregue ao desespero, e banhada de lágrimas, hoje acordei um pouco melhor, Julia por perto, muito trabalho e vamos seguindo...obrigada mesmo...beijão