sexta-feira, 29 de maio de 2009

Espelho meu ( autora : Maria das Graças P. Guerra)

Olho-me no espelho da vida
não é um espelho comum
desses que refletem apenas
uma imagem exterior
onde vemos se estamos bem
em nossa estampa...
as quais somos julgadas
se estamos bem,sem rugas
como obrigadas a uma eterna juventude.
O espelho que olho e vejo minha imagem
é um espelho mais poderoso
onde a alma,a história de vida
se refletem com crueza...
reparo bem nos detalhes da imagem
que o espelho me devolve
e gosto do que vejo em minha imagem
sou gente inacabada e imperfeita
e jamais estarei pronta e perfeita
gosto dessa imagem e desse espelho.

5 comentários:

Regina disse...

É verdade, minha amiga...

Nossa história nunca se acaba... estamos em constante evolução...

O comodismo nos leva à ignorância e a vontade de aprender é o que nos faz ir prá frente...

Esse espelho aí, enxerga à fundo mesmo!!

Tenha um excelente fim de semana, beijos!

Tetê disse...

Olá! Tetê direto da lan house... Samwell deu pau! SOCORRO! Mas dei uma atualizada básica e estou visitando os miguxos! Lindona: eu também não concordo com o autor da texto sobre a depressão. Postei na intenção de fazer o "povo" pensar um pouco! Quanto ao seu poema, é tão bom olhar no espelho e gostar do que se vê, né? Sabe o que eu gosto de fazer diante do espelho? Sorrir para mim! Que gostoso!!!!Obrigada pela visita! Bjks e bom final de semana

Maria Fe disse...

Como é bom nos sentirmos perfeitamente imperfeitos!
Sinceridade e transparência da alma sempre!
Adorei seu texto!
bom fim de semana!
beijo

Fatima disse...

Olho para este espelho todos os dias e tb gosto do que encontro.
Bjs querida.

Cris disse...

Ola minha amiga

que lindo este seu post
que lindo este seu blog

tanto e tanto que resolvi prestigiá-la com selinhos, deixo os com muito carinho lá meu cantinho, espero que goste, eu do meu lado adoro seu espaço e suas visitas...

um grande abraço