quinta-feira, 28 de maio de 2009

Pensamentos da Pedagogia Freireana(Mestre Paulo Freire)

"O sistema não teme o pobre que tem fome. Teme o pobre que sabe pensar. O que mais favorece o neo-liberalismo não é a miséria material das massas,mas sua ignorância. Esta ignorância as conduz a esperarem a solução do próprio sistema, consolidando sua condição de massa de manobra. A função central da educação de teor reconstrutivo político é desfazer a condição de massa de manobra. ( Mestre Paulo Freire)

"Uma educação em cuja prática o ensino dos conteúdos jamais se dicotomize do ensino do pensar certo. De um pensar anti-dogmático, anti-superficial. De um pensar crítico, proibindo a si mesmo, constantemente, de cair na tentação do improviso."(Paulo Freire)

"A capacidade de penumbrar a realidade,de nos "miopizar"de nos ensurdecer que tem a ideologia faz, por exemplo, a muitos de nós, aceitar docilmente o discurso cinicamente fatalista neo -liberal que proclama ser o desemprego no mundo uma desgraça do fim do século". (Mestre Paulo Freire)

Portanto jamais devemos nos curvar,segundo Freire,aos discursos fáceis e pragmáticos que apenas reforçam a lógica do mercado. O desafio de uma educação progressista é construir alternativas aos processos domesticadores da indústria cultural, que busca homogeneizar as formas de pensamento e alienar nossas consciências diante da realidade que constitui nosso "ser no mundo". Ao nosso Mestre Paulo Freire uma homenagem humilde,a esse pensador, educador que anteviu o que afinal chegou e chamam de "crise"...Também ninguém se preocupou em não ser "boiada".

5 comentários:

Fatima disse...

"Eu sou um intelectual que não tem medo de ser amoroso, eu amo as gentes e amo o mundo. E é porque amo as pessoas e amo o mundo, que eu brigo para que a justiça social se implante antes da caridade."

Paulo Freire
Aprendi muito na minha vida com o Mestre Paulo Freire.
Abraço carinhoso!

Cris disse...

Paulo Freire, um sábio e um visionário, que tentou dar a sua parcela, e que parcela...sem ele seriamos infinitamente mais pobres culturalmente, mas o povo que pensa nunca foi interessante a nenhum poderio.
E nunca vai ser, a menos que ele ( o povo) perceba isso...um belo tema este e um personagem realmente inspirador, assim como esse cantinho agradável...um abraço enorme minha amiga! sempre bom passear entre suas tulipas....

Maria Fe disse...

adorei seu blog! seguirei.
Como socióloga e apaixonada por educação, só tenho a elogiar este post. É realmente preciso muita luta, juntos, para transformar nossa educação, para que ela atenda aos anseios humanos, e não se restrinja à uma formação voltada ao mercado unicamente.
grande abraço!

Regina disse...

Olá, amiga!

Pode parecer clichê, mas o futuro está realmente na Educação... A Educação é a base de tudo, tudo mesmo...

As pessoas precisam se conscientizar de que estudar, não é apenas para ganhar um diploma ou por status, mas sim, para tornarem cidadãos mais conscientes, críticos, reflexivos e atuantes na sociedade...

Quando todos entenderem isso, o país irá prá frente!!

Beijos!

Maria das Graças disse...

Minhas amigas,que bom ver pessoas que preocupam com a educação e no seu sentido mais amplo. Educação transformadora, com visão crítica foi o legado que o Mestre Paulo Freire nos deixou.

É triste vermos pessoas inteligentes com um diploma de Faculdade mas sem uma visão de ser no mundo e sim estão aí como fossem parte de uma boiada.

O consumismo exacerbado que nos transforma em massa de manobra para enriquecer poucos,essa especulação financeira que nos levou a essa crise é uma prova de que nunca tivemos a visão crítica do nosso modo de vida sem falar na destruição do Planeta...

Paulo Freire dedicou sua vida a essa educação crítica que fizesse o homem um condutor de sua vida,que realmente fosse alfabetizado para fazer uma leitura do mundo. Infelizmente, não ouvimos sua voz...
E quem ouviu era considerado dinossauro.

Agora vemos tantos paradigmas intocáveis caindo,e não sabemos de onde saem tanto dinheiro para salvar empresas e Bancos; nos perguntamos:De onde saiu tanto dinheiro?

É isso mesmo se tivessemos educadores como Paulo Freire não teriamos aceitado tudo passivamente... Os recursos que hoje salvam empresas teriam sido usados na educação e saúde e não teriamos fome no mundo.

Amigas desculpem -me o desabafo.

Desejo a todas um feliz fim de semana...Beijos.