domingo, 14 de março de 2010

Museu dos metais

Ela caminha na praça da Liberdade, faz bem a alma, ao coração e aos olhos, afinal é um belo cartão postal dessa cidade das montanhas. As árvores frondosas, as belas palmeiras imperiais, as fontes e as obras de arte que fazem moldura para com seus belos prédios. Mas ultimamente ela teme pelo destino dessa praça que foi o coração político das Gerais e agora a transformam em praça cultural. Quem dera de fato se transforme em coração cultural da nossa terra. Os olhos correm pelos prédios e se detém no belo prédio onde funcionava a Secretária de Educação de Minas Gerais, está lá bem no alto o seu emblema, imponente a lembrar que um dia a Educação de Minas Gerais primava pela qualidade de melhor do Brasil. Agora não sabe a quantas andas pois, o país inteiro sofre do mal de pessíma Educação, salvam-se as Universidades Federais. Repara o prédio rosa, está sendo restaurado pelas mesmas mineradoras que esburacam Minas Gerais. Ah,que ironia escolheram o prédio da Secretária da Educação para ser o museu dos metais.Uma pena a história da Educação daria um belo museu, quantas páginas sobre a conquista do saber. Quanta insensibilidade, dos mineiros, seus governantes e essas esburacadoras de nossas montanhas. Esquisito, já existia o museu de mineralogia Dijalma Guimarães no ''prédio rainha da sucata"também na praça. Certamente era muito humilde para contar a saga da destruição das montanhas das Minas Gerais. Ah, educação não se deve rever seu passado glorioso, pode disseminar saudade e quem sabe cobranças, lutas para seu renascimento. Vamos falar de metais e pedras preciosas retiradas das entranhas das Gerais. Afinal vamos lembrar os picos destruídos e rios que secaram ou viraram lama para lavar minérios. Salve, o museu dos metais no belo prédio da Secretária de Educação.

7 comentários:

Fatima disse...

Ela é sempre tão culta não é mesmo!
Gosto muito dela.
Bjs.

Regina disse...

Ah, querida Maria! Sonho um dia em ter a Educação como prioridade em nosso país...

Minha amiga, vim aqui para pedir seu e-mail para que você possa acessar o meu blog. Mande para mim, por favor... Muito obrigada!

Beijo grande, saudades...

Regina disse...

Perdoa-me! O endereço é devaneiosdeumavida@bol.com.br

Beijo!!

Maria Fe disse...

Minha amiga!
Amo esse cartão postal, aliás, tenho uma saudade de BH, numa visita rápida já me apaixonei. Lugar de uma vida cultural incrível.
Mas o que você falou está bem certo! Quem dera se as autoridades olhassem a educação como um bem preciosíssimo a ser preservado, pesquisando mesmo a fundo a melhor forma de educação para se atender às diferenças, ouvindo a voz de quem aprende, e não apenas incutindo "saberes prontos e indiscutíveis". E eu até começo a duvidar se as universidades realmente se salvam totalmente desse barco oscilante.
Beijo, Maria!

Multiolhares disse...

Que local bonito senti-me refrescar
Bom fim de semana
beijitos

G I L B E R T O disse...

Maria

Mais que um texto, um grito de protesto lindissimo.

Somo a minha voz ao teu grito!

Somos dois e quiçá, seremos milhoes!

Salvemos a educação brasileira!

Graça Pereira disse...

A Educação em qualquer país deve ou devia ser ponto principal em todos os governos. Mas infelizmente não é!A Educação é olhada como o parente mais pobre... e vemos o que está acontecendo aí e por aqui...
Quando Educação fôr prioirdade, penso, que os outros problemas, se resolverão por arrasto deste.
Beijo
Graça