quinta-feira, 6 de maio de 2010

Mãe

Quase sempre desdenha-se datas e a comemoração do dia das mães, sabe-se que é a data mais comercial do calendário de comemorações de nossa sociedade. O comércio lucra com os sentimentos dos filhos. Quando os filhos pedem uma sugestão para o presente da mãe,ela diz:- Não se preocupem mãe é mãe todos os dias. Quando pensa no seu sentimento de filha, entende seus filhos pois, nunca deixou passar em branco o dia de sua mãe. Como a mãe adorava o carinho de suas filhas. Ela leu uma frase do poeta Carlos Drummond de Andrade."Mãe é uma luz que não se apaga nunca". Ela tem certeza da sabedoria dessa frase.  A mãe dela se foi fazem dois anos,mas sempre está em seus pensamentos,clareando as tomadas de decisões e iluminando o seu caminho para que seja uma mãe amorosa, com sabedoria e responsabilidade de ser o espelho para seus filhos. Pensa na mãe, uma daquelas mulheres enluaradas que amam seus filhos e ao mesmo tempo que canta uma doce canção de ninar é capaz dos momentos de brava heroína para educar, também defender seus filhos. Ah, a mãe mulher enluarada que fez a sua filha também uma mulher enluarada com a sua luz. Que bendita herança deixou para suas filhas, suas netas essa fibra das mulheres enluaradas que como a música que diz:"que a voz que canta o violão, se for preciso faz a guerra". É uma linda música de Marcos Vale e que a mãe adorava cantar. Ela tem certeza absoluta que sua mãe a acompanha seja dia ou noite em qualquer momento que faz uma pausa para pensar a vida . Sente sua presença doce,protetora com uma luz poderosa que só as mulheres enluaradas conseguem transmitir aos seus amores.

7 comentários:

Fatima disse...

Feliz dia das mães minha querida amiga!
Bjs.rove

Cris França disse...

a minha tbém faz muita falta...

feliz dia das mães querida! bjs

Katherine disse...

As datas comemorativas têm sempre um fundo comercial, mas apesar disso, as atenções voltam para a pessoa homenageada, isso é bom. Dia das mães, é todo dia, FATO. Parabéns a todas as mães!

Graça Pereira disse...

As Mães....mesmo as que partiram...estão sempre connosco...porque uma Mãe nunca abandona os seus filhos...
Beijocas
Graça

Maria Fe disse...

Que belo texto!
Dizem que no céu não seremos mais pais e filhos, esposas e esposos.
Mas parece que as mães são seres especiais, que não deixam de ser mãe nunca. Talvez sejam "convocadas" para no céu serem mães de muitos, são anjos, desde a terra!
beijo, Maria!

maybe disse...

I'm appreciate your writing skill.Please keep on working hard.^^

MichelleM. disse...

Adorei o seu blog e os teus textos.me identifico com estes assuntos.bjos!